Missionários usam aulas de português para alcançar refugiados no Brasil
Missionários usam aulas de português para alcançar refugiados no Brasil

Com a chegada dos refugiados venezuelanos no Brasil, uma caravana de missionários voluntários esteve em Boa Vista, Roraima, para prestar ajuda e evangelizar os estrangeiros. Os cristãos que fazem parte do programa Voluntários Sem Fronteiras, uma iniciativa da Junta Mundial de Missões, agência ligada a Convecção Batista Brasileira, relataram dificuldades em falar de Jesus para este povo.

De fato há uma forte resistência. Não dos venezuelanos, mas de quem os cercam. Os refugiados geralmente ficam nas praças, mas logo são levados para abrigos pelo exército. Nesses abrigos, eles estão cercados com monitoramento e as forças armadas proíbem a evangelização dentro do espaço.

Leia também – Refugiado! Homem escala prédio e salva criança em Paris

Para poder ter acesso aos refugiados, os missionários estão usando como ferramenta de evangelização as aulas de português. Os estrangeiros têm uma grande necessidade de aprender o idioma, pois todos os dias centenas deles estão procurando trabalho. Apesar disso, entender a nossa língua tem sido uma grande barreira para eles.

Hoje o estado de Roraima abriga mais de 70 mil venezuelanos. Somente na capital, Boa Vista, vivem mais de 40 mil imigrantes, esse número representa 10 % da população da cidade.

Fonte: RTM Brasil